Promoção!

Creatine Powder 280 g Gold Nutrition

Promoção válida de 27/06/2024 até 14/07/2024.

O preço original era: €25,99.O preço atual é: €21,89.

-16%

Aliado para o ganho de massa muscular

  • Ajuda a ganhar massa muscular magra
  • Contribui para a recuperação muscular

Creatine Powder é o suplemento ideal para treinos que requerem surtos rápidos e curtos de energia, como o futebol, andebol, rugby, basquetebol, hóquei ou velocidade.

 

creatine powder
Creatine Powder 280 g Gold Nutrition 25,99 O preço original era: €25,99.21,89O preço atual é: €21,89.

Portes gratuitos a partir de 10€

  • Entregas em 24/48 horas úteis
  • Encomendas até às 15h expedidas no próprio dia
  • Garantia de devolução em 21 dias
Pagamento Seguro

A Creatina é um aminoácido de ocorrência natural produzido no nosso organismo que se encontra essencialmente nos músculos. A maioria da Creatina que se encontra nos músculos é armazenada sob a forma de fosfocreatina (66%), enquanto a restante é armazenada como creatina livre (33%). O nosso organismo utiliza diariamente 1 a 2% do total da Creatina armazenada. A sua reposição é realizada a partir da alimentação ou a partir dos aminoácidos glicina, arginina e metionina. Muitos estudos demonstraram que uma suplementação com monoidrato de creatina pode aumentar a creatina muscular entre 10 a 40%, dependendo de vários factores, nomeadamente da forma física do atleta. Aumentando a disponibilidade da fosfocreatina no músculo aumentamos a disponibilidade de energia durante os exercícios de grande intensidade, como o sprint e/ou séries de exercícios intensos.
A suplementação por ciclos curtos parece funcionar melhor nos exercícios de resistência, tais como levantamento de pesos e sprints consecutivos, enquanto que a suplementação durante ciclos mais longos, parece aumentar a qualidade do treino, conduzindo a ganhos, entre 5 a 15%, na performance geral e na força.
A Creatina monoidrato é absorvida intacta, através dos intestinos, passando para o sangue. Posteriormente é absorvida pelos músculos ou é eliminada pela urina. Isto significa que a creatina não é degradada no estômago e a absorção intestinal não é um factor limitante para a retenção muscular. Cerca de 95% da creatina corporal está armazenada nos músculos, com concentrações mais elevadas nas fibras de contracção rápida. As reservas totais de creatina são de aproximadamente 120g no homem adulto. A entrada da creatina a nível muscular está dependente do sódio, sendo mediada pela insulina, por isso é altamente recomendado que os atletas tomem creatina com uma bebida rica em hidratos de carbono ou com uma bebida com hidratos de carbono e proteína. Quando tomada com hidratos de carbono, as reservas de creatina podem aumentar em 60%.
A Creatina desempenha um papel muito importante na transferência de energia e repõe as reservas celulares de ATP. Nos músculos, é usada para alimentar o processo de contracção, combinando-se com o fosfato e convertendo-se em fosfocreatina, que é essencial para produzir rápidos e curtos surtos de energia. A sua depleção, pode ter como resultado fadiga e desaparecimento da força muscular, daí que vários estudos refiram que a creatina produz melhorias significativas em modalidades que requerem níveis elevados de força.
A Creatina é fundamental para o metabolismo energético. Durante exercícios de elevada intensidade, o fosfato de creatina é clivado para fornecer energia para a re-síntese de ATP. A energia derivada da degradação de creatina fosfato permite que o ATP seja reciclado mais 12 vezes durante um esforço máximo.
A falta de Creatina também tem sido associada a patologias como, insuficiências cardíacas, isquemia, prevalência aumentada de arritmias ventriculares, entre outras.
Existem também evidências de que a Creatina pode ter um papel importante na função cerebral, bem como no controle neuromuscular.
A Creatina promove a recuperação entre duas sessões de treino intenso.
A suplementação com Creatina pode influenciar a massa e a composição corporais de várias formas, no que diz respeito ao aumento da massa livre de gordura ou massa muscular.

Apresentação:
Embalagem com 280g

Dosagem e Administração:
Fase de Carga: Tomar 20g por dia, durante 5 dias. Tomar em doses de 5g, 4 vezes por dia – pequeno-almoço, almoço, antes e após o treino – com, pelo menos, 50g de hidratos de carbono de absorção rápida (glicose ou sacarose).
Diluir cada dose em 500ml de água morna, para melhor dissolução.
Fase de Manutenção: Tomar 3 a 5g por dia, durante 8 semanas, após o treino.

Composição:
Por 5g:
Monohidrato de Creatina – 5g.

Ingredientes:

Creatina

Avisos:
Conservar em local fresco, seco e ao abrigo da luz.
Se ocorrer alguma reação, parar a utilização.
Não exceder a toma diária recomendada.
Evite o produto em caso de alergia ou sensibilidade a algum dos ingredientes.
Se estiver grávida, a amamentar, a tomar alguma especialidade farmacêutica ou se sofre de alguma doença, consulte o seu médico ou técnico de saúde antes de tomar este suplemento.
Os suplementos alimentares não devem ser utilizados como substitutos de um regime alimentar variado e de um estilo de vida saudável.
Manter fora do alcance das crianças.